terça-feira, 25 de outubro de 2011

Stapelia (Stapelia hirsuta e Stapelia gigantea pallida)


             Estas suculentas originárias da África do Sul, de áreas de inverno chuvoso,  possuem um grande valor ornamental e são de fácil cultivo, diferindo pela cor e tamanho das flores. Os ramos carnosos de até 20 cm de comprimento, são compostos por 4 faces com bordas serrilhadas entre elas, formando touceiras que cobrem o solo, chegando à um ou dois metros de diâmetro. Os ramos podem tornar-se avermelhados à pleno sol ou no inverno, atingindo até 20 cm de altura.
             Em ambas as espécies as flores possuem uma bela e exótica forma de estrela, antecedidas por botões de grandes proporções, que nascem próximos à base da planta.  Na S. hirsuta as flores são vermelho escuras, planas  e cobertas por estrias amareladas, podendo chegar a até 20 cm de diâmetro. Já na S. gigantea, as flores possuem uma cor amarelo-pálido com estrias avermelhadas e  podem chegar até 35 cm de diâmetro. Ambas são cobertas por  pelos e exalam  cheiro de carne em decomposição para atrair os seus polinizadores, as moscas varejeiras, que depositam seus ovos na sua superfície, convencidas de que serão alimento para suas larvas, além de besouros. Florescem à partir de setembro
             São excelente opção para vasos de parede, jardineiras e bacias no jardim, a sol pleno ou meia sombra, em solos férteis, leves, arenosos e acrescidos de pouca matéria orgânica, com regas regulares. Também podem ser usadas em  jardins rochosos em combinação com outras suculentas. Quando recebem pouca água seus ramos tornam-se flácidos, com consistência   esponjosa. Toleram o clima subtropical, mas em climas mais frios devem ser protegidas no  inverno.  
                      Multiplicam-se por divisão de touceiras, estacas de ramos e sementes, tendo estas uma
          taxa de germinação de 100% quando frescas.
                      Também são chamadas de Flor-estrela, Estrela do mar africana, Flor carniça ou Planta sapo.
                      Partes da S. gigantea eram usadas pelos zulus como remédio para histeria.
                      Cultivo essa planta desde a adolescência quando era convencido à arrancar os botões para      
          evitar o mau cheiro! Anos depois ganhei um vaso enorme em forma de xícara  de nossa amiga
          Lurdinha Bonfá.

19 comentários:

  1. so beautiful!!!!

    Visit us in http://latierraverde.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Não sei porquê mas esta não se me dá bem, este inverno foi quase toda, vivo em Portugal no nordeste transmontano onde os invernos são rigorosos e o verão bastante quente, acho que este ano a perdi vamos ver :( e nunca está assim verdinha.

    ResponderExcluir
  3. Olá gostaria de saber se voçê vende estaquias da stapelia gigantea (a amarela) pois da stapelia hirsuta eu tenho + não consigo arrumar uma muda da gigantea !

    ResponderExcluir
  4. Murilo, muito lindas as suas. A minha foi do nosso encontro no Rio, quando fomos no Espaço Botânico, que já nem existe mais. Lembra disso?

    ResponderExcluir
  5. troco sementes de rosa do d eserto por stapelia,,,,,,,,,,,,,,,,,,,alguem,moro em curitiba

    ResponderExcluir
  6. Como faço para a minha stapellia dar flor! Ela nunca deu flor e fica no sol pela manhã! Obrigada!

    ResponderExcluir
  7. eu fiquei impressionada com a beleza da flor. ganhei uma pequena touceira que se multiplicou bastante e depois de um ano me surpreendeu com duas belas flores

    ResponderExcluir
  8. eu fiquei impressionada com a beleza da flor. ganhei uma pequena touceira que se multiplicou bastante e depois de um ano me surpreendeu com duas belas flores

    ResponderExcluir
  9. Gostaria muito de adquirir mudas de todas as espécies meu e-mail anaquiteriamaria@gmail.com

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde gostaria de adquirir mudas da Stapelia Gigantea Pallida. Como posso fazê-lo?

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde gostaria de adquirir mudas da Stapelia Gigantea Pallida. Como posso fazê-lo?

    ResponderExcluir
  12. A da minha esposa deu flor várias vezes, mas agora ela deu dois botões diferentes que não se abrem e o caule trocou de um verde para uma cor avermelhada.
    Gostaria de saber se é normal a transformação.
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  13. A da minha esposa deu flor várias vezes, mas agora ela deu dois botões diferentes que não se abrem e o caule trocou de um verde para uma cor avermelhada.
    Gostaria de saber se é normal a transformação.
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. O meu floresceu agora em Janeiro. Uma única flor...

    ResponderExcluir
  17. Uma única flor agora em março.

    ResponderExcluir